Texto: Letícia Ishiyama / Fotos: Fabiana Ferraresso

Integrantes compõem um grupo de excelência em diversos segmentos de atuação e chegam para contribuir ainda mais com a causa do refúgio

No último sábado (28), o conselho consultivo do Adus, Instituto de Reintegração do Refugiado, ganhou reforços de peso. Empresários, agentes do setor público, personalidades das artes e gastronomia, entre outros nomes, foram apresentados em evento na Casa da Cidade, no bairro da Vila Madalena.

O grupo é composto de 12 personalidades das mais diversas áreas, alguns deles conhecidos do grande público como o apresentador Cazé, a chef Bel Coelho e o estilista Ronaldo Fraga (veja abaixo perfil dos conselheiros). O conselho consultivo terá interface com a direção e os novos integrantes trarão suas experiências e ideias para auxiliar na causa do refúgio, no crescimento sustentável do Instituto e no aprimoramento dos serviços oferecidos pela entidade. Um dos grandes objetivos é fazer com que o Adus tenha mais aderência nas várias esferas da sociedade, tanto civil quanto pública/governamental.

O encontro começou com a apresentação do sócio-fundador, Marcelo Haydu, que pontuou as mudanças na ONG, que passa pela formação do novo conselho composto por pessoas renomadas em suas áreas de atuação, por atividades com mais foco, metas audaciosas e grande apoio aos voluntários, que é a força motriz do Adus. De um sonho de alguns, a ONG passou a ser referência na causa do refúgio e hoje conta com a ajuda de mais de 200 pessoas. Haydu também ressaltou as responsabilidades que surgiram desde a ampliação da entidade, com a nova sede na Av. São João.

De acordo com Sidarta Martins, diretor financeiro, o Adus está dando um passo importante para ter um posicionamento mais ativo e, dessa forma, propor uma maior quantidade de iniciativas que sejam efetivamente postas em práticas. “O conselho consultivo é uma nova etapa para uma gestão muito melhor. Um ambiente aberto ao diálogo fará com que o Adus cresça muito mais”, destacou.

Os novos conselheiros se apresentaram e falaram como a participação de cada um pode contribuir na missão do Instituto. Bruno Assami, diretor da Unibes Cultural, lembrou que o tema do refúgio é muito precioso, pois está presente no DNA de todos nós brasileiros, já que somos, em grande maioria, descendentes de imigrantes.

Beto Vasconcelos, advogado, ex-secretário Nacional de Justiça e ex-presidente do Comitê Nacional para Refugiados (CONARE), fez um alerta preocupante para a realidade que enfrentamos, pois “vivemos a maior crise humanitária depois da 2ª Guerra Mundial, com mais de 20 milhões de refugiados no mundo. O Adus tem um papel fundamental na sensibilização do tema e na integração das pessoas em situação de refúgio”, afirmou.

Já a chef Bel Coelho disse que a gastronomia é um meio de encontrar emprego, auxiliar os refugiados a terem uma renda e sobretudo a ajudar as pessoas a reconstruírem suas vidas. “É um prazer ser conselheira e contribuir com a causa. Precisamos abraçar todos”, completou.

Conheça os novos conselheiros:

Andrea Piccini
É professor da USP. sócio-fundador do Adus, especialista em cultura e arquitetura árabe, desenvolve e publica estudos de Arquitetura e Cultura Árabe Islâmica do Oriente Médio e Ásia Central em colaboração com várias entidades.

Anis Ghattas Mitri Filho
CEO e cardiologista do CECAM. Dr. Anis é cardiologista pelo Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo e UNIFESP, e mestre em Terapia Intensiva e Especialização de Gestão em Saúde, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Bel Coelho
Premiada chef do restaurante itinerante Clandestino e apresentadora do Receita de Viagem (TLC Discovery). Formada pelo Culinary Institute of America (CIA), trabalhou com grandes chefs do mundo. Além do restaurante, Bel ministra palestras, promove eventos fechados e realiza mensalmente o “Canto da Bel”, projeto de comida de rua a preços acessíveis.

Beto Vasconcelos
Advogado, foi presidente do Comitê Nacional para os Refugiados – CONARE (2015-2016) e atuou como secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Coordenador da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro – ENCCLA (2015-2016). Entre os anos de 2014 e 2015 foi chefe de Gabinete da Presidência da República. Anteriormente (2007 a 2013), Vasconcelos exerceu o cargo de secretário-executivo e subchefe para assuntos jurídicos da Casa Civil da Presidência da República.

Bruno Assami
É diretor executivo da Unibes Cultural, além de acumular outras funções, como a diretoria da Arena Cultural, projeto pioneiro sobre a prevenção do câncer, como conselheiro cultural do Consulado de Portugal em São Paulo e como representante da Fundação PROA para o Brasil. Possui amplo conhecimento em gestão organizacional no Terceiro Setor. Atuou na gestão do MASP, Instituto Tomie Ohtake, Instituto Itaú Cultural, entre outras organizações. É Cavalheiro da Ordem das Artes e das Letras do Governo da França e também condecorado com a Medalha de Mérito Consular pelo Governo de Portugal.

Cazé
Carlos José de Araújo Pecini é Cazé. Na televisão desde 94, o apresentador acumula em seu currículo programas que deram destaque para a participação da audiência e a valorização de anônimos. Vem se dedicando à moderação de debates e painéis relacionados à sustentabilidade para o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), o Instituto Ethos, o TEDx São Paulo e o Schumacher College.

Elka Freller
Graduada em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, iniciou seus estudos em joalheria na Escola Nova de São Paulo, em 1983. Trabalhou como designer para joalherias e tem seu próprio ateliê desde 1984. Tem especialização em Coolhunting e é professora de criação, design de joias e ourives. É sócia da Consultoria Criando, que orienta ONGs desde sua criação, até a sustentabilidade econômica.

Fernando Augusto Albuquerque Mourão
Professor Titular da Universidade São Paulo, professor catedrático da Universidade Independente de Angola – UNIA. Possui extensa experiência internacional, especialmente em relações, negociações internacionais e campo da arbitragem internacional. É e autor de cinco livros, 39 capítulos publicados no Brasil, França, Portugal, Espanha, Finlândia e Angola.

Gilberto Rodrigues
Gilberto Marcos Antonio Rodrigues é pós-doutor (Fulbright Visiting Scholar) pelo Center for Civil and Human Rights, University of Notre Dame, EUA (2010), doutor em Ciências Sociais: Relações Internacionais pela PUC-SP (2004), mestre em Relações Internacionais – Universidad para la Paz, ONU/Costa Rica (1996). Rodrigues é especialista em Resolução de Conflitos pela Uppsala Universitet, Suécia (1996). É professor-adjunto na Universidade Federal do ABC (UFABC) em Relações Internacionais na Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais. É membro do Grupo de Análise de Prevenção de Conflitos Internacionais (GAPCon/UCAM) e da Coordinadora Regional de Investigaciones Económicas y Sociales (CRIES), em Buenos Aires. Membro do Grupo Consultivo da Sociedade Civil (ConSOC) do BID-Brasil e associado à ANDHEP.

Marc Tawil
Jornalista, radialista e escritor. Foi repórter do jornal Resenha Judaica, editor de Mundo da Rádio Jovem Pan AM e subeditor de Internacional e de Cultura do Jornal da Tarde (Grupo Estado). Entre 2007 e 2010, integrou o time da Rádio Band News FM, onde atuou como âncora e editor de conteúdo. Publicou os livros Trânsito Assassino (Ed. Terceiro Nome, 2007) e Haja Saco, o Livro (Ed. Multifoco, 2009). Na Tawil Comunicação, é responsável pela Direção Criativa e atendimento.

Nabil Bonduki
Arquiteto e urbanista, Bonduki é professor titular de Planejamento Urbano da FAU-USP. Foi vereador, secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente (2011-12), onde coordenou a implementação da Lei Nacional de Resíduos Sólidos. Em 2015, foi nomeado Secretário Municipal de Cultura da capital paulista, onde implementou, entre outras iniciativas, a SPCine, empresa da Prefeitura, voltada para o audiovisual.

Paulo Sergio Mellão
Economista, contador, conferencista internacional e professor de graduação e pós-graduação em disciplinas relacionadas a administração, gestão, controles, planejamento e estratégia. Mellão é professor associado à Fundação Dom Cabral e atua como membro do Conselho Consultivo em Entidades do Terceiro Setor.

Rodrigo Abreu 
Empreendedor e investidor na área Gráfica, Alimentação, Educação e Tecnologia. Presidente e Master Franqueado da AlphaGraphics Brasil, rede de franquias líder no país. É palestrante internacional sobre Marketing, Tecnologias Interativas e Franchising. Além de ser conselheiro do Adus, Abreu tem envolvimento direto em diversos projetos sociais de grande impacto na sociedade.

Ronaldo Fraga
É formado em moda pelo curso de estilismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), pós-graduado pela Parsons School of Design de Nova York. Fraga desenvolve projetos com foco na reafirmação cultural de pequenas comunidades em diferentes regiões do Brasil. Esses projetos lhe conferiram vários prêmios como “Faz diferença” do jornal O Globo e “Trip Transformadores”.

Comments are closed.