Adus, Wizard e Cursinho do XI ensinarão português para refugiados

Parceria entre Adus e Sesc Itaquera reúne cerca de cem pessoas em passeio
25 de março de 2013
Adus realiza 7º Encontro com refugiados
20 de abril de 2013
Mostrar tudo

Adus, Wizard e Cursinho do XI ensinarão português para refugiados

A iniciativa tem por objetivo minimizar um dos primeiros problemas enfrentados pelos refugiados quando chegam ao Brasil, a barreira do idioma

A Wizard – maior rede de ensino de idiomas do mundo – acaba de fechar uma parceria com a ONG ADUS (Instituto de Reintegração do Refugiado – Brasil) para ensinar português a refugiados, em sua maioria de países africanos, que vivem em São Paulo. A iniciativa tem por objetivo minimizar um dos primeiros problemas enfrentados pelos refugiados quando chegam ao Brasil, a barreira do idioma.

Esta parceria entre a Adus, Cursinho do XI e a Wizard terá duração de dois anos, período em que serão atendidos 144 refugiados, em quatro turmas de 32 alunos, cada. A primeira turma começa a estudar já no dia 13 de abril, na unidade do Cursinho do XI, parceiro da Adus, no Centro de São Paulo, e o curso terá duração de sete meses.

Segundo Carlos Wizard Martins, fundador da rede, a Wizard vai treinar os instrutores voluntários selecionados pela ADUS com a metodologia de ensino do curso “português para estrangeiros”. “A preparação dos voluntários conta com o trabalho de uma unidade franqueada de São Paulo. A Wizard tem muito orgulho de fazer parte desse projeto de extrema importância social e envolver nossos franqueados e alunos faz parte da nossa missão” afirma Martins.

De acordo com Marcelo Haydu, diretor executivo da ADUS, no Brasil existem seis mil refugiados reconhecidos pelo Governo, sendo que cerca de dois mil moram na capital paulista. Além deles, a ONG atende também, cerca de 700 pessoas que solicitaram o reconhecimento como refugiado no Brasil. “São pessoas que vieram de países como Congo, Costa do Marfim, Nigéria, Mali, Afeganistão, Iraque e Colômbia e chegam sem recurso nenhum e esbarram no preconceito e claro, na dificuldade de comunicação”, afirma Haydu.

A entidade foi criada em outubro de 2010 com o objetivo de reinserir os refugiados na sociedade. Para isso, realiza uma série de projetos como a inserção dos refugiados no mercado de trabalho por meio de parcerias com órgãos públicos e privados, projetos culturais e outros. “Mas para a entidade alcançar todos os objetivos em prol dos refugiados, a primeira questão é ensiná-los a se comunicar”, reitera Haydu.

Perfil Wizard

Pertencente ao Grupo Multi e com atuação no mercado desde 1987, a Wizard é a maior rede no segmento de ensino de idiomas do mundo e líder no mercado brasileiro. Com mais de 1.200 escolas no Brasil, além de unidades nos Estados Unidos, Japão, China, México, Europa e América Latina, a rede atende cerca de 500 mil alunos por ano e gera 20 mil empregos.

A Wizard oferece cursos de oito idiomas (Inglês, Espanhol, Francês, Italiano, Alemão, Português, Japonês e Chinês), que podem ser desenvolvidos tanto no modelo Class quanto na modalidade Flex, onde jovens e adultos podem fazer as aulas de acordo com sua disponibilidade de horário. A Wizard é também pioneira no ensino de inglês em Braile. É a primeira a utilizar a certificação internacional TOEIC como modelo pedagógico.

Desenvolvidas no modelo de franquias, as escolas Wizard representam uma excelente oportunidade para aqueles que querem investir em um novo negócio. Além de contar com uma metodologia de ensino simples e de fácil gerenciamento por parte do franqueado, a rede oferece ao empreendedor todo o apoio necessário para seu desenvolvimento, como estruturação do imóvel e apoio de marketing. Além disso, investe constantemente na formação de seus franqueados e de seus professores por meio de treinamentos específicos, convenções, congressos e iniciativas como o MBA Wizard e a WizardTV, canal corporativo disponível 24 horas ao franqueado.

Veja as fotos do evento abaixo:

Créditos: Medialink Comunicação, Fone: (11) 3817-2131

Comments are closed.