EUA não confirmam que dissidente chinês estaria em embaixada americana em Pequim

Doadores se compromentem em fornecer € 300 milhões para ajudar refugiados nos Balcãs
29 de abril de 2012
Hungria trata os refugiados como criminosos
29 de abril de 2012
Mostrar tudo

EUA não confirmam que dissidente chinês estaria em embaixada americana em Pequim

O Departamento de Estado americano se recusou a confirmar ou negar que o ativista chinês Chen Guangcheng teria se refugiado na embaixada americana em Pequim depois de uma fuga dramática da prisã domiciliar.

Um ativista disse à BBC que Chen, que é cego, recebeu ajuda para escalar o muro do jardim de sua casa na Província de Shandong e teria sido levado para a embaixada americana na última segunda-feira.

Bob Fu, um ativista de direitos humanos que mora nos EUA e é amigo de Chen, disse que outros ativistas ofereceram a Chen a oportunidade de sair em segurança da China, mas ele recusou.

Chen divulgou um vídeo em que fazia um apelo direto ao primeiro-ministro, Wen Jiabao, pedindo justiça. Ele disse que ele e sua mulher foram espancados por oficiais.

Fonte: BBC Brasil

Deixe uma resposta