WE HELP REFUGEES RESETTLE BACK INTO SOCIETY

REFUGEE MYTHS

Fact: They are not fugitives or outlaws. They are people who had to leave their home country for being persecuted for reasons of race, religion, political opinion, sex orientation, nationality or membership of a particular social group.

Fact: They are not criminals. One of the requirements for a person to be eligible for a refugee status is to not have committed  any crimes in their home country or anywhere else.

Law 9.474/97 is crystal clear when stating that refugee protection will not be considered to anybody that “has committed crimes against peace, war crimes, against humanity, hideous crimes, took part in terrorist activities or drug dealing”

Once in Brazil, they are subject to the same criminal laws as any Brazilian citizen.

Fact: They are not economic migrans. While migrants are people who make a conscious choice to move to another country, normally to seek a better economic situation (although several people migrate due to extreme needs and violation of basic Human Rights), refugees are forced to migrate and leave their homes, friends and family to escape from persecution.

Fact: They are not living illegally in Brazil. All refugee applicants and refugees are allowed to be in Brazil and are covered by a specific law, Law 9.474/97.

A violência em Roraima – Poder Público brasileiro não oferece condições básicas para os venezuelanos que buscam refúgio no Brasil

Texto: Sidarta Martins As cidades roraimenses se desestruturam e brasileiros atacam com violência essas pessoas que vem ao Brasil procurar proteção A chegada de venezuelanos que […]

A fragilidade no processo de integração dos refugiados no Brasil

Texto: Sidarta Martins A imagem de Jadallah, refugiado sírio, sendo retirado à força de um imóvel público pela Guarda Municipal Metropolitana de São Paulo, foi amplamente […]

Dia Mundial do Refugiado – shows de Kisser Clan a Ana Cañas

Em celebração ao Dia Mundial do Refugiado (20 de junho), a banda Kisser Clan, formada por Andreas Kisser, guitarrista do Sepultura, Yohan Kisser, Gustavo Giglio e Amílcar […]

Mente Aberta abre turmas de intensivo de francês e inglês com professores refugiados para 2018

Projeto do Adus que capacita refugiados residentes em São Paulo para darem aulas dos idiomas em que são fluentes terá aulas intensivas durante o mês de janeiro […]

Adus inaugura bazar fixo com pratos e artigos típicos de vários países, e exposição especial sobre refugiados

Texto: Igor Férva / Fotos: Antonia Souza e Tânia Campos O Adus – Instituto de Reintegração do Refugiado – inaugurou, em 25 de novembro, seu bazar […]

Artistas e chefs famosos ajudam o Adus a continuar o trabalho em prol das pessoas em situação de refúgio

Noite de festa em São Paulo reuniu celebridades que animaram jantar beneficente e apoiaram o instituto a arrecadar cerca de R$ 30 mil para seus projetos […]

PARTNERS

Strategic

 
 

Corporate

 
Tawil Comunicação
São Paulo Accueil
Mirka
 

Institutional

 
BrasilAgro
Perseus
Fundada por Thái Quang Nghiã, refugiado do Vietnã que vive no Brasil desde 1979, a Góoc é uma empresa que atua no setor de calçados e acessórios, que investe fortemente em técnicas de produção utilizando materiais reciclados e design diferenciado.