Ficha técnica do projeto

Reduzir os obstáculos encontrados pelo refugiado em seu processo de reinserção social por meio do acompanhamento individual e do acolhimento do refugiado considerando suas diversas necessidades.

  • Ser um canal de comunicação efetiva entre os beneficiados e a instituição.
  • Sinalizar eventuais obstáculos e progressos no processo de reintegração, podendo diminuir os obstáculos e contribuir para a autonomia do refugiado.
  • Capacitar voluntários para que possam oferecer um apoio qualificado.
  • Ampliar a disponibilidade de acompanhamento dos beneficiados no dia-a-dia.
  • Manter reuniões periódicas com coordenadores, voluntários e refugiados assistidos.
  • Levantamento de necessidades identificadas durante o acompanhamento dos facilitadores sociais.
  • Divisão de grupos de visita de acordo com os diferentes idiomas.
  • Formar grupo de voluntários e orientá-los para que acompanhem o desenvolvimento e situação de refugiados, oferecendo suporte emocional e sendo um ponto de contato no país.
  • Organizar o acompanhamento por facilitadores sociais dos beneficiados em processos burocráticos como: consultas médicas e na resolução de questões burocráticas junto à polícia federal.
  • Adquirir conhecimento de causa sobre as dificuldades de reinserção social dos refugiados.
  • Contemplar as diferentes nações e culturas no projeto.
  • Ter 100% dos refugiados e voluntários cadastrados.
  • Envolvimento e efetiva participação da sociedade civil, incluindo os próprios assistidos, na busca por integração dos beneficiados.
  • Uma reunião trimestral de apresentação dos programas ao quadro de voluntários e de introdução dos refugiados aos facilitadores sociais.
  • Afastar os beneficiados do isolamento social.

Junte-se a nós!

Você também pode nos ajudar a continuar mudando a dura realidade dessas pessoas! Envolva-se nessa causa conosco!