Rio+20: Alto Comissário pede ação conjunta para refugiados e deslocados em zonas urbanas
27 de junho de 2012
Soldados do Exército sírio buscam refúgio na Turquia
27 de junho de 2012
Mostrar tudo

Quase 400 mil pessoas ainda vivem em acampamentos no Haiti, diz OIM

Terremoto de 2010 deixou 1,5 milhão de desabrigados; diretor-geral da agência afirmou que preocupação maior é com segurança de meninas e mulheres em instalações improvisadas.

A Organização Internacional para Migrações, OIM, informou que mais de dois anos após o terremoto do Haiti, cerca de 400 mil pessoas ainda estão vivendo em abrigos temporários.

(Foto: Rádio ONU)

O tremor, de 12 de janeiro de 2010, deixou 1,5 milhão de pessoas desabrigadas. O diretor-geral da OIM, William Swing, que está visitando o Haiti, afirmou que a maior preocupação da agência é com a segurança de meninas e mulheres que vivem nos acampamentos.

Subsídios
Os desabrigados haitianos estão espalhados por 575 campos. De acordo com a OIM, muitas pessoas deixam os abrigos após receberem subsídios de aluguel.

Somente no Campo Marte havia 4,6 mil famílias. Mas agora, 90% das instalações do local foram desarmados com a saída dos haitianos.

Segundo a OIM, ainda há muito o que fazer para retornar todos os afetados pelo terremoto do Haiti a casa, e que serão precisos financiamentos da comunidade internacional, do governo e de agências.

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta