Segundo encontro com refugiados é realizado na sede do Adus

Adus promove segundo encontro com refugiados em São Paulo
1 de março de 2012
Tratamento desigual de mulheres pode gerar apatridia em pelo menos 25 países
11 de março de 2012
Mostrar tudo

Segundo encontro com refugiados é realizado na sede do Adus

São Paulo, 09 de março de 2012 (Adus) – O Instituto de Reintegração do Refugiado, visando sempre dar voz aos refugiados e envolvê-los na formulação de suas ações, promoveu no sábado passado o segundo encontro entre representantes do Adus e refugiados residentes na cidade de São Paulo. O encontro, que ocorrerá uma vez a cada dois meses, visa envolver refugiados, de forma efetiva, na elaboração e execução de projetos do Adus. Além disso, tais encontros também servirão para acompanhar de perto as necessidades dos refugiados, sejam elas do coletivo ou do indivíduo, o que auxiliará nas ações do Adus.

Nesse segundo encontro contamos com a presença de 23 refugiados, 8 pessoas a mais se comparado ao encontro anterior. “Estou muito feliz em ver essa iniciativa do Adus em realizar mais este encontro com refugiados. Para nós é muito importante ter esse espaço para falar, apresentar nossas necessidades, colocarmos nossas idéias… a participação de refugiados em ações que envolvam os próprios refugiados é algo novo para nós. Espero que outros encontros como este possam acontecer”, disse Dede, refugiado congolês, na ocasião.

Uma novidade em relação ao primeiro encontro foi a participação da Cruz Vermelha Brasileira –  Filial do Estado de São Paulo, o que ocorrerá em todos os encontros seguintes. Aproveitando a presença de refugiados, a Cruz Vermelha disponibilizou e disponibilizará a presença de profissionais da área da saúde munidos de todo material necessário para realização de alguns procedimentos básicos, tais como aferimento de pressão e verificação do nível de glicemia. Além disso, foi realizada doação de roupas e materiais de higiene pessoal a todos os refugiados presentes.

O objetivo destes encontros é aproximar cada vez mais os refugiados do Adus. Segundo Marcelo Haydu, um dos fundadores do Adus: “esse tipo de ação é de fundamental importância para que os solicitantes de asilo e os refugiados possam, mai e mais, fazer parte do dia-a-dia da nossa instituição. Nós criamos o Adus para que essas pessoas tivessem realmente um parceiro. Aqui eles são protagonistas, sujeitos, não objetos. Eles têm espaço efetivo em nossas ações”.

“Este encontro foi muito produtivo, prova disso foi a plena aceitação dos refugiados presentes. Esperamos que a presença de refugiados em nossos encontros seja cada vez maior. Sabemos que, uma vez efetivadas as idéias discutidas nos encontros, ou algumas delas, cada vez mais refugiados se juntarão a nós nessa busca por melhorias na vida de cada um deles”, finaliza Marcelo Haydu.

Veja abaixo fotos do evento:

Maiores informações podem ser obtidas no próprio Adus, através do nosso Fale Conosco ou pelo telefone: (11) 7800-7511 (falar com Marcelo).

1 Comment

  1. Jaqueline Wanishi disse:

    Parabéns pelo trabalho!!

Deixe uma resposta